quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

6 de janeiro, Dia de Reis




Sob os protestos chorosos das crianças, hoje é o dia de guardar a magia do Natal para esperar o próximo (re)nascimento de Jesus. Por quê? Porque hoje é Dia de Reis e reza a tradição que todos os enfeites natalinos, assim como presépio, sejam desarmados e recolhidos até a proximidade de outro 25 de dezembro.

O Dia de Reis é celebrado pelos católicos como a data em que os três reis magos alcançaram a estrebaria onde nasceu Jesus. Cada um deles saiu de uma região da Terra (conhecida na época), com presentes para entregar ao Messias. Baltazar deixou a África, levando consigo mirra, um arbusto típico do continente, cuja resina é muito utilizada na preparação de medicamentos.

O presente do rei Gaspar, que partiu da Índia, foi o incenso, uma alusão à divindade, à fé e a espiritualidade, uma vez que são queimados há milhares de anos para aromatizar e depurar os ambientes das energias estagnadas.

Já Belchior ou Melchior saiu da Europa levando na bagagem o metal ouro, que simboliza a nobreza e era oferecido apenas aos deuses.

No Brasil, a folia de Reis engloba festejos em várias partes do país. De acordo com a tradição portuguesa, os grupos de foliões (cantadores, músicos, os três reis magos, palhaços) seguem pelas ruas da cidade levando bênçãos do menino Jesus para as casas que os recebem com comida e pouso.

Na Espanha, as crianças costumam deixar sapatos nas janelas cheios de capim ou ervas, para que os camelos dos Reis Magos possam se alimentar. Em retribuição, o trio coloca no lugar do capim, balas e doces. Na Itália, por sua vez, a comemoração do Dia dos Reis recebe o nome de Befana, que é uma bruxa boa que distribui presentes para a criançada.

O Dia de Reis é tão importante para os europeus que se tornou feriado em todo o continente.

Que tal reunir a família para desmontar a árvore de Natal e contar um pouquinho dessa história para os seus filhos?

Feliz Dia de Reis!

Fonte: (comunicação interna - STJ)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário